Polícia acredita que três jovens encontrados em via pública foram vítimas de execução em Alvorada

Apenas uma das vítimas foi identificada até o momento

Polícia Civil aguarda pela análise das impressões digitais para identificar dois dos três jovens encontrados mortos na Rua dos Canários, bairro Jardim Algarve, em Alvorada, na madrugada desta terça-feira (4). Apenas um deles, Robert Richard de Souza Rocha, 18 anos, portava documentos.

A família dele será intimada para depoimento, na busca de esclarecer as motivações do crime.

Brigada Militar foi acionada na madrugada por uma pessoa que viu os corpos na via pública. Segundo o relato dela e de demais moradores, não foram ouvidos disparos, o que reforça a tese de que o trio foi executado em outro local.

— Não há estojos de munição no chão, e pouco sangue. Fica claro que é uma execução —afirma o titular da Delegacia de Homicídios de Alvorada, Edimar Machado.

A dupla ainda não identificada tem por volta de 20 anos, segundo Machado. Os jovens foram atingidos por diversos disparos, o que, para a polícia, é mais um indício de execução.

No local onde os corpos foram deixados, não há câmeras de segurança e pouca iluminação pública, o que dificultará o trabalho da investigação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *