Fim dos buracos, da lama e da poeira: começa obra de asfaltamento de 16 ruas em Alvorada

Prazo para finalizar obras é de um ano

Um problema que é velho conhecido de Alvorada deve ser remediado nos próximos meses. Os buracos de rua, que tanto atrapalham a vida de pedestres e motoristas, serão substituído por asfalto novo em trechos de 16 vias da cidade (veja quais abaixo). Todos os pontos contemplados são de estradas onde, atualmente, não há nenhuma pavimentação. Entretanto, são vias com importância na mobilidade urbana do município, como explica Rogério Negreiros, engenheiro civil responsável da Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov) de Alvorada. Alguns dos critérios de escolha das pistas que serão contempladas com asfalto foram a proximidade com escolas ou a passagem de linhas de ônibus, por exemplo.

 

O trabalho de reestruturação das vias vai além da colocação de asfalto. Segundo o engenheiro, os contratos das obras, assinados no dia 21 de maio, contemplam a instalação da rede de canalização das vias, a construção de calçadas — que terão rampas de acessibilidade e piso tátil —, e a sinalização horizontal das vias.

Dinheiro

O total de asfalto aplicado nos trechos somará pouco mais de 3,5 quilômetros. O recurso total aplicado nas obras é de R$ 5.630.037,54. O dinheiro tem duas origens. Das 16 vias, três serão asfaltadas com verbas de emendas parlamentares obtidas por deputados federais do Rio Grande do Sul em Brasília, que somam R$ 515.742,90. As outras 13 pistas terão sua pavimentação custeada por um financiamento conquistado pela prefeitura de Alvorada junto ao Badesul, agência de fomento vinculada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur).

— Todo o investimento em infraestrutura é muito importante para comunidade. Com este programa de pavimentação, estamos dando um importante passo para colocar as ruas da cidade em dia — pontua o prefeito de Alvorada, José Arno Appolo do Amaral.

Leia também
Veículos invadem a contramão para desviar de buracos no Jardim Algarve, em Alvorada
Após reclamações, linhas municipais sofrem alterações em Alvorada
Há 15 anos em obras, prédio da Câmara de Alvorada já custou mais de R$ 1 milhão

Foram feitas três licitações para as obras e a mesma empresa venceu todos os certames. As obras começaram no dia 4, após a assinatura da Ordem de Início pelo secretário de obras e o prefeito municipal. roblema que é velho conhecido de Alvorada deve ser remediado nos próximos meses. Os buracos de rua, que tanto atrapalham a vida de pedestres e motoristas, serão substituído por asfalto novo em trechos de 16 vias da cidade (veja quais abaixo). Todos os pontos contemplados são de estradas onde, atualmente, não há nenhuma pavimentação. Entretanto, são vias com importância na mobilidade urbana do município, como explica Rogério Negreiros, engenheiro civil responsável da Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov) de Alvorada. Alguns dos critérios de escolha das pistas que serão contempladas com asfalto foram a proximidade com escolas ou a passagem de linhas de ônibus, por exemplo.

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

O trabalho de reestruturação das vias vai além da colocação de asfalto. Segundo o engenheiro, os contratos das obras, assinados no dia 21 de maio, contemplam a instalação da rede de canalização das vias, a construção de calçadas — que terão rampas de acessibilidade e piso tátil —, e a sinalização horizontal das vias.

Dinheiro

O total de asfalto aplicado nos trechos somará pouco mais de 3,5 quilômetros. O recurso total aplicado nas obras é de R$ 5.630.037,54. O dinheiro tem duas origens. Das 16 vias, três serão asfaltadas com verbas de emendas parlamentares obtidas por deputados federais do Rio Grande do Sul em Brasília, que somam R$ 515.742,90. As outras 13 pistas terão sua pavimentação custeada por um financiamento conquistado pela prefeitura de Alvorada junto ao Badesul, agência de fomento vinculada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur).

— Todo o investimento em infraestrutura é muito importante para comunidade. Com este programa de pavimentação, estamos dando um importante passo para colocar as ruas da cidade em dia — pontua o prefeito de Alvorada, José Arno Appolo do Amaral.

“Só acredito quando ver o asfalto na rua”

Das 16 ruas, cinco estão no bairro Torotama e outras cinco no bairro Aparecida. A reportagem circulou pelas comunidades e constatou a necessidade de pavimentação. No Jardim Torotama, por exemplo, alguns pontos estão intransitáveis. Com as chuvas, grandes valetas se formam na pista, tornando o ato de dirigir pela região semelhante à participação em uma prova de rali. Para amenizar o descaso, alguns moradores contam que colocam terra nas crateras maiores por conta própria.

 ALVORADA - RS - BR - DATA: 30.05.2019Ruas que vão ser asfaltas em Alvaroda, que se encontram em péssima situação.Rua em frente a E.M.E.F. Elisandro Duarte Neto, toda esburacada.FOTÓGRAFO: TADEU VILANI AGÊNCIA RBS Editoria DG

Buracos na Rua Siqueira Campos, em frente à escola Elisandro Duarte NetoFoto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

— Quando eu comecei a construção da minha casa, há uns 15 anos, já ouvia a promessa do asfalto. A minha casa está pronta faz anos, mas o asfalto eu ainda não vi — conta o garçom José Costa, 51 anos, que sofre para dirigir pela Rua São Marcos diariamente.

A incredulidade não é um sentimento só de José. A sensação é compartilhada também pelos vizinhos. No encontro da mesma São Marcos com a Rua Vieira de Melo, o comerciante Sidnei Oliveira, 39 anos, repete o discurso de outros moradores.

— Faz 15 anos que eu ouço que vão asfaltar aqui. Tem escola, passa ônibus e é essa buraqueira toda. Espero que agora seja verdade, mas só acredito quando eu ver o asfalto na rua — confessa Sidnei.

 ALVORADA - RS - BR - DATA: 30.05.2019Ruas que vão ser asfaltas em Alvaroda, que se encontram em péssima situação.Rua Dom Pedrito, na Vila Aparecida, toda esburacada.Madalena Soares, comerciante.FOTÓGRAFO: TADEU VILANI AGÊNCIA RBS Editoria DG

Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

Para o motorista de van escolar Paulo Renato Souza Brum, 54 anos, o que mais incomoda é a necessidade constante de manutenção em seu veículo em razão da buraqueira. Morador do Torotama há 35 anos, ele está ansioso com a promessa de pavimentação:

— Essa van que tenho agora, faz quatro meses que comprei. Já mexi em toda a suspensão por causa dos buracos. A gente sofre com o barro em dias de chuva e a poeira quando tem sol. Se vier o asfalto, vai melhorar muito aqui para o bairro.

Necessidade

No bairro Aparecida, os moradores esperam há menos tempo pela pavimentação, cerca de cinco anos. Mesmo assim, por ser uma promessa de quando parte do bairro foi ampliado por meio do programa Minha Casa Minha Vida, a expectativa está grande.

— Uma das condições que recebemos da Caixa (Econômica, financiadora do programa) era que o bairro teria asfalto. Desde então, aguardávamos isso da prefeitura — diz a lojista Madalena Soares, 37 anos.

O vendedor Emerson Bezerra, 25 anos, costuma circular pelo bairro para fazer suas vendas e cobranças. Com a pavimentação das pistas, ele espera que o gasto com manutenção diminua:

— Passo aqui de moto e de carro. Também tenho o carrinho que empurro levando os produtos, em dias de venda. Se tiver asfalto, vai facilitar muito mais.

 ALVORADA - RS - BR - DATA: 30.05.2019Ruas que vão ser asfaltas em Alvaroda, que se encontram em péssima situação.Rua São Marcos, bairro Torotama.FOTÓGRAFO: TADEU VILANI AGÊNCIA RBS Editoria DG

Situação da Rua São Marcos, bairro Torotama, antes das obras para o asfaltamentoFoto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

Vias que receberão asfalto

Bairro Aparecida
/// Rua Arroio Grande
/// Rua Dom Pedrito
/// Rua Pedro Osório
/// Rua Sobradinho
/// Rua Vilela Tavares

Bairro Jardim Torotama
/// Rua Santo Amaro
/// Rua São Marcos
/// Rua Siqueira Campos
/// Rua Vieira de Melo
/// Travessa Zamenhoff

Bairro Maria Regina
/// Rua General Câmara
/// Rua Geni Barcelos

Bairro Maringá
/// Rua Mauá
/// Rua Sepé Tiaraju

Bairro Piratini
/// Rua Lauro Muller

Bairro Umbu
/// Rua Lima e Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *