Em Alvorada, promessa de conclusão de obra já se arrasta há cinco anos

Desde 2013, os moradores da Rua Antão de Lima Franco, no bairro Formosa, aguardam a construção de rede de esgoto.

Foto: Arquivo Pessoal

O incômodo dos moradores da Rua Antão de Lima Franco, no bairro Formosa, em Alvorada, ainda não chegou ao fim. Agora, o problema é um buraco aberto pela prefeitura em maio.

Depois de a cratera dificultar o acesso às residências da via, a administração pública chegou a cobrir parte do buraco, mas uma caixa coletora — que faz parte da rede que está sendo construída na via — ficou sem tampa.

Com as chuvas das últimas semanas, a terra se deslocou para os canos e para a caixa coletora, que seguia aberta. Por segurança, os próprios moradores cobriram a abertura. O medo era de que algum pedestre desavisado pudesse se machucar ao passar pelo local. A reclamação maior é em função da demora para conclusão da obra, que se arrasta há anos e, agora, vem deixando as tubulações expostas.

A saga da vizinhança para exigir condições melhores para a via acontece desde julho de 2013.

“Quase parando”

A combinação era de que os vizinhos comprariam as tubulações para construção da rede de esgoto da rua e a administração entraria com a mão de obra. Entretanto, a prefeitura não cumpriu sua parte no acordo, e os canos ficaram abandonados no local.

A promessa do município foi de iniciar a construção em fevereiro, mas isso também não aconteceu. Somente depois de mais uma matéria, publicada em maio, o pontapé inicial foi dado.

Porém, feitas as aberturas no solo, o ritmo da construção ficou “devagar, quase parando”, como resume o funcionário público Jorge Augusto Paim John, 57 anos.

Foto: Arquivo Pessoal

Solo cede 

Morador da Antão Faria de Lima Franco desde 2013, Jorge passa pelo momento mais difícil em sua “relação” com a via.

Isso porque o buraco feito pela prefeitura para criar a caixa de distribuição da rede de esgoto fica na frente de sua casa:

— Saí de manhã, e tinha uma equipe da prefeitura trabalhando aqui, mas ninguém falou que um buraco seria aberto. No fim do dia, estava assim.

E, com as chuvas, o solo ao redor do buraco passou a ceder.

— Daqui a pouco, enche de terra e perde- se o que já foi feito — opina Jorge.

Novo prazo: 30 dias 

Procurada, a prefeitura de Alvorada explicou que secretário de Obras da cidade, Liberto Mentz, esteve visitando o canteiro de obras da Rua Antão de Lima Franco.

Segundo a assessoria de imprensa da administração municipal, durante a visita, o secretário garantiu que o trabalho será concluído em até 30 dias.

Fonte:DiárioGaucho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: