Com atraso na coleta, ruas de Alvorada têm acúmulo de lixo

Prefeitura diz estar “rigorosamente em dia” com os pagamentos, mas empresa responsável pela coleta afirma estar há quase dois meses impossibilitada de receber por bloqueios judiciais

Alvorada, na Região Metropolitana, enfrenta problemas na coleta de lixo desde o início da semana. A situação é a mesma em toda a cidade: acúmulo nas lixeiras, sacolas penduradas nas grades ou rasgadas na calçada. Moradores relatam ter de pagar carrinheiros a fim de amenizar a situação.

— O vizinho cobra R$ 10 pra levar o lixo com o carrinho dele. Ou é isso ou queimar, porque entra tudo pra dentro do esgoto e alaga — conta Rejane Beatriz Marques, 61 anos, moradora da Rua Lima e Silva, no bairro Tijuca, onde os caminhões passaram uma vez apenas nas duas últimas semanas, segundo a aposentada.

O auxiliar de serviços gerais Edi Macedo, 36 anos, já inclui no apertado orçamento o gasto extra.

— Ele sabe que pode recolher sempre que a lixeira estiver cheia e eu pago R$ 10, R$ 15, depois — explica Macedo em frente à casa, na Rua Campos Verdes, bairro Salomé.

Além de enfrentar a poeira na Rua dos Gaúchos, a estudante Caroline de Matos, 30 anos, reclama do esgoto a céu aberto.

— O caminhão não passou nesta semana e o esgoto fede na frente de casa — conta.

Na Rua Gaudérios, a água que jorra é limpa desde o ano passado, de acordo com a vendedora Luana dos Santos.

Tiago Boff / Agência RBS
Rua dos Gaudérios tem alagamentoTiago Boff / Agência RBS

Ainda no Umbu, o barbeiro Lorival Carvalho de Souza, 63 anos, guarda os dejetos dentro do pátio.

— Tá horrível. É uma rotina: leva pra rua, depois bota de volta pra casa. Se deixar os cachorros rasgam, fica cheiro ruim. E quem vai trabalhar tropeça no lixo — relata, em frente ao comércio na rua Vista Alegre, onde ironicamente uma placa da prefeitura alerta: “proibido jogar lixo na rua”.

A prefeitura de Alvorada diz estar “rigorosamente em dia” com os pagamentos. A Ecopav, responsável pela coleta, afirma estar há quase dois meses impossibilitada de receber por bloqueios judiciais. A empresa afirma que o problema será solucionado ainda nesta sexta.

Tiago Boff / Agência RBS
Placa da prefeitura alerta para a proibição do descarte irregular de lixo na Rua Vista Alegre, no UmbuTiago Boff / Agência RBS
fonte Gaucha Zh

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *